quarta-feira, 1 de março de 2017

Secretaria de Mobilidade e Transportes e CET melhoram sinalização de radares que mais multam

Com o objetivo de reduzir os acidentes no trânsito, a Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT) criou um comitê permanente de segurança para discutir medidas que melhorem a mobilidade de todos. Uma das ações começou a ser colocada em prática durante o feriado do Carnaval: a melhoria da sinalização nas vias onde estão os radares que mais multam na cidade. O objetivo é fazer com que o condutor não seja punido e, após ser melhor orientado, passe a se comportar de acordo com a legislação.

As ações de reforço na sinalização visam informar o motorista sobre as regras de trânsito, além de reduzir o número de infrações, sem deixar de realizar fiscalização.

Foram alteradas e reforçadas as sinalizações de dois pontos de radares, com grande registro de infrações: o da Rodovia dos Imigrantes, sentido Santos-São Paulo, e o da Ponte das Bandeiras, na Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna/Castelo Branco.

Na Imigrantes, houve reforço de 13 novas placas de velocidade, num raio de 1 km, para que o motorista fique atento à necessidade de redução de velocidade ao adentrar o perímetro urbano, próximo à Avenida Ricardo Jafet. Nos próximos dias, também serão implantados sonorizadores no local. A velocidade permitida no trecho do radar é de 70 km/h. Antes, o motorista vinha de uma velocidade maior da rodovia e somente era avisado sobre a necessidade de reduzir a velocidade num trecho muito próximo ao radar, o que tornava esse ponto um dos campeões de multas na cidade: 18 mil multas ao mês.

Na Marginal Tietê, foi reposicionado o radar para antes da curva da alça que dá acesso à Ponte das Bandeiras, instalada novas placas e dispositivo piscante para chamar a atenção dos motoristas. No local, onde foram registradas 12 mil multas/mês (dados de dezembro), dois tipos de infrações costumam ser cometidas pelos motoristas: conversão proibida à direita (alguns trocam de faixa para entrar na alça, o que é proibido) e circulação de carros na faixa exclusiva de ônibus em horário não permitido.

Em conjunto com a SPTrans, foi adequado horário para circulação de carros na faixa exclusiva de ônibus, no acesso à Ponte das Bandeiras. Antes, a proibição de circular na faixa dos ônibus era de segunda a sexta-feira, das 6h às 15h. Agora, a proibição passou a ser das 6h às 12h, de segunda a sexta-feira. Reforçada a sinalização deste ponto, com mais placas e pintura de solo.

“O interesse da Prefeitura de São Paulo não é arrecadar com as multas de trânsito. E, sim, fazer com que o motorista se comporte adequadamente, seguindo as regras, evitando acidentes. Trânsito bom é trânsito seguro. Para que isso aconteça, os motoristas precisam estar bem informados e orientados”, afirma o secretário de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda.

Além de melhorar a comunicação com o motorista por meio da sinalização, a CET fará ações de engenharia.

É importante ressaltar que a sinalização vai ser intensificada para informar sobre as regras na via e não para apontar o local exato onde está instalado o radar. “Nós não vamos desligar nem anunciar a presença específica do radar. A fiscalização é um dos pilares importantes para manter e preservar a segurança do trânsito. O que estamos fazendo é melhorar os avisos, a sinalização, para evitar que os motoristas sejam alvo de pegadinhas”, explica o secretário Avelleda. Outros pontos com radares que mais registram infrações na cidade também terão a sinalização melhorada para fazer com que os motoristas se comportem com segurança e observem a legislação de trânsito.