sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

São Paulo ganha mais um bicicletário público neste sábado

Prefeitura e Itaú Unibanco inauguram espaço localizado no bairro do Paraíso; serão 52 vagas para os ciclistas guardarem as bicicletas com segurança

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, a  Prefeitura Regional de Vila Mariana e o Itaú Unibanco inauguram neste sábado (11) mais um bicicletário público na cidade. O espaço, localizado no bairro do Paraíso, conta com 52 vagas e poderá ser utilizado gratuitamente de segunda a segunda, entre 4h e 1h. O secretário municipal de Transportes, Sérgio Avelleda, e o prefeito regional da Vila Mariana, Benê Mascarenhas, vão acompanhar a inauguração, que acontece às 16h.
O novo bicicletário está instalado na praça Maximus IV Sayegh, próxima à esquina das ruas Correia Dias e Cubatão e também da estação de metrô Paraíso. Esse é o terceiro bicicletário inaugurado na cidade em parceria como o Itaú Unibanco, que tem um termo de cooperação com a Prefeitura de São Paulo. Os outros dois ficam no largo da Batata e na praça dos Arcos. Ao todo, essas três estruturas oferecem 199 vagas. Além desses três, os ciclistas contam na cidade com 28 bicicletários nos terminais de ônibus e mais  29 instalados nas estações do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).
“A construção de bicicletários é essencial para o incentivo do uso de bicicleta como modal de transporte. Essa estrutura permite ao ciclista ter a segurança e a tranquilidade de que o seu patrimônio está protegido. Com isso, ele se sente mais seguro para usar sua bicicleta”, diz o secretário. Para a atual gestão, incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte é “medida pública essencial para construção de uma cidade mais saudável, mais amigável e muito melhor para todos”, ressalta Avelleda.

Bicicletário da Praça dos Arcos.
Crédito: Arquivo Mobilize.org

Quem tiver interesse em usar o espaço deve efetuar um breve cadastro pessoal e da bicicleta no próprio local. O ciclista precisa apenas apresentar o CPF para utilizar o local. 
“O novo bicicletário contribui para a revitalização de espaços públicos da cidade, encontrando-se em um ponto estratégico, próximo a uma das estações de metrô mais movimentadas da capital e servida de duas linhas, a 1-Azul e a 2-Verde, além da própria ciclovia do eixo Vergueiro-Paulista”, afirma Luciana Nicola, superintendente de Relações Governamentais e Institucionais do Itaú.
Durante a inauguração, haverá, das 16h às 20h, uma ação do artista paraense Heraldo Candido, especialista em gravura e que irá fazer uma intervenção real-time em lambe-lambe em uma das paredes da Praça Maximus IV Sayegh, inspirada no tema da bike. O Instituto Aromeiazero também estará presente com a Bike Spa, oferecendo, gratuitamente, serviços de manutenção de bicicletas. Bike foods com variado cardápio completam as atrações do evento.




segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Operação Escola - 1º Semestre 2017

Começou nesta segunda-feira (6), a Operação Escola - 1º Semestre 2017 nas proximidades de 97 escolas, sendo 30 escolas da rede municipal, 17 estaduais e 50 particulares. O objetivo da operação é desenvolver ações educativas e operacionais, orientando, ordenando e fiscalizando o trânsito nas proximidades das escolas cujo tráfego intenso tem potencial para causar reflexos negativos ao sistema viário.

A operação conta com Operadores de Trânsito da CET, além de funcionários de escolas devidamente treinados, visa disciplinar o embarque e desembarque de alunos e propiciar segurança na travessia de pedestres. Filas duplas e estacionamentos irregulares são considerados alguns dos principais problemas que causam reflexos negativos no trânsito e, portanto, deverão ser coibidos. Desta forma, a operação intensificará a fiscalização de estacionamentos irregulares e os ajustes semafóricos, visando diminuir o impacto gerado no tráfego pelo acréscimo de viagens realizadas com o fim das férias.

Além das ações de orientação de trânsito desenvolvida pelos agentes operacionais, a CET está implementando também ações educativas de trânsito através do Programa “Operador nas Escolas” e atividades de mímicos.

O Programa “Operador nas Escolas” tem por objetivo disseminar a ação educativa da CET por meio de agentes multiplicadores, e oferecer ao operador a oportunidade de executar a sua função de orientador e educador, aproximando-o do público infanto-juvenil. Conforme solicitação do estabelecimento, escolas receberão a atividade gratuita “Bate Papo sobre Trânsito” oferecido pelo agente da Companhia aos alunos. A conversa educativa dura cerca de 50 minutos (o tempo de uma aula), passando por temas como o papel da CET, do operador e da educação de trânsito; circulação e travessia segura, incluindo nesse contexto o risco do uso de fone de ouvido; como funcionam os semáforos e escolhas sustentáveis de transporte, dentre outros.

O projeto “Operador na Escola” foi criado para disseminar o Programa de Proteção ao Pedestre para as crianças e tem como público-alvo os estudantes do 5º. Ano do Ensino Fundamental, pois os alunos dessa série - com faixa etária em torno de 10 anos de idade - já começam a ganhar mais autonomia em relação a sua própria circulação, necessitando, portanto, de mais informações sobre comportamento adequado no trânsito. Além disso, o programa também cria em cada aluno um agente multiplicador junto à comunidade.

Já a atividade dos mímicos procura conscientizar a população de forma divertida e bem humorada da importância do respeito às leis de trânsito, divulgando regras básicas de circulação, travessia e sinalização, trabalhando questões de cidadania.

Clique aqui para saber a relação completa das escolas, a agenda das atividades e outras informações.