quarta-feira, 29 de junho de 2016

Operação Frente Segura - Implantada área de espera para motos na Estrada de Itapecerica

Operação Frente Segura lançada em abril de 2013 é uma iniciativa que visa melhorar a segurança de motociclistas e ciclistas. A medida cria uma área de acomodação para veículos sobre duas rodas que consiste na demarcação (sinalização horizontal) de um espaço exclusivo de espera para motos, junto aos semáforos e à frente dos outros veículos, o que facilita a saída quando o sinal abre para o trânsito. A sinalização é reforçada ainda com uma placa educativa, evidenciando que ali é um espaço para a espera de motos.

Em 28/06, a Frente Segura foi implantada em 21 locais ao longo da Estrada de Itapecerica.

Novos Locais

Estrada de Itapecerica x Praça Riccardo Martini
Estrada de Itapecerica x Rua Paulino Vital de Moraes
Estrada de Itapecerica x Rua Humberto Morbio
Estrada de Itapecerica x Rua Agostinho Rubin
Estrada de Itapecerica, frente Terminal Capelinha
Estrada de Itapecerica x Rua Doutor Nério Nunes
Estrada de Itapecerica x Rua Francisco Costabile
Estrada de Itapecerica x Rua Barão Nicolino Barra
Estrada de Itapecerica x Rua Juan Gil
Estrada de Itapecerica x Praça dos Cartógrafos
Estrada de Itapecerica x Próximo à Rua Geraldo Beting
Estrada de Itapecerica x Rua Tereza Mouco de Oliveira
Estrada de Itapecerica x Frente Hospital Municipal do Campo Limpo
Estrada de Itapecerica x Rua Amâncio Pedro de Oliveira
Estrada de Itapecerica x Praça Cícero José Saraiva
Estrada de Itapecerica x Rua João Damasceno
Estrada de Itapecerica x Rua Luciano Silva
Estrada de Itapecerica x Rua Doutor André Brenha Ribeiro
Estrada de Itapecerica x Rua Amaro Antônio Rosa
Estrada de Itapecerica x Avenida das Belezas
Estrada de Itapecerica x Avenida Giovanni Gronchi

Para implantação foram utilizadas 38 placas de sinalização vertical e 1114 m2 de sinalização horizontal.

Imagem meramente ilustrativa

“Frente Segura” reduz atropelamentos em 28%

Frente Segura
Foto: Lucas Silvestre
Em 54 cruzamentos, monitorados um ano antes da criação da respectiva “Frente Segura”, houve 43 atropelamentos. Após a instalação da área específica, foram 31 casos. O registro de acidentes envolvendo todos os veículos caiu de 161 para 142. Nesses casos, o número de feridos foi reduzido de 186 para 155 e os acidentes e atropelamentos envolvendo motos também caíram de 102 para 77. Não houve notificação de vítimas fatais.

Veja quadro:


Antes
Depois
Variação
Atropelamentos 43 31 - 28%
Acidentes c/ vítimas 118 111 - 6%
Total acidentes 161 142 - 12%

Desde abril de 2013, foram instalados mais de 400 “Frente Segura”. Dentre os locais onde houve a implantação podemos destacar as avenidas dos Bandeirantes, Engenheiro Caetano Álvares, Professor Francisco Morato, Radial Leste, Rebouças, Sumaré, Tancredo Neves, Liberdade e do Estado.

Critérios para definição dos locais

Os locais são escolhidos em função do volume considerável de motocicletas e bicicletas que passam nessas vias.

A iniciativa tem como objetivos:
  • Proporcionar maior segurança para as motocicletas e ciclistas, diminuindo o conflito com autos no momento da largada no verde do semáforo;
  • Aumentar o respeito das motos à linha de retenção e à faixa de travessia;
  • Dar maior visibilidade às motos junto às travessias de pedestres;
  • Diminuir o número de acidentes envolvendo motos, ciclistas e pedestres no cruzamento.

A Engenharia de Campo da CET irá acompanhar as alterações, visando melhorar as condições de trânsito e preservar a segurança de pedestres e motoristas.