sexta-feira, 8 de abril de 2016

Implantação de Área 30 em vias da Lapa de Baixo

Placa de Área de Velocidade ReduzidaInicia na segunda-feira (11/04) uma nova fase do Programa de Proteção à Vida - PPV com a implantação da primeira Área 30 em vias da região da Lapa de Baixo.

A Área 30 é uma Área de Velocidade Reduzida onde será regulamentada a velocidade máxima de 30 km/h, a serem implantados em locais onde um conjunto de vias predominantemente locais, com uso do solo misto, concentra grande circulação de pedestres.

Em tais áreas, que já tem a maioria do sistema viário com velocidade máxima permitida de 30 Km/h, por suas características físicas, é fundamental que tal regulamentação seja claramente percebida e respeitada pelo conjunto de motoristas em circulação. Trechos de vias coletoras ou arteriais que cruzam tais bolsões também terão suas velocidades máximas reduzidas para 30 km/h, para que fique evidente aos condutores que estão em espaço viário de segurança prioritária aos usuários vulneráveis e onde a atenção deve ser máxima, o que é extremamente facilitado pela condução em baixa velocidade.

Os acessos à área serão sinalizados com legendas “Área 30” pintadas no solo, placas de regulamentação de velocidade de 30km/h e placas educativas destacando a entrada em uma “Área de Velocidade Reduzida”.

Como nas demais ações do Programa de Proteção à Vida, o objetivo é reduzir os riscos de acidentes, promovendo o compartilhamento seguro e harmonioso do espaço viário entre os diferentes modos de deslocamentos dos cidadãos. A prioridade é a defesa dos mais frágeis, os pedestres, e também dos ciclistas e motociclistas, uma vez que tais usuários muito embora conduzam veículos, também estão expostos.

O gráfico abaixo demonstra que a velocidade de 30km/h impõe aos pedestres um risco de lesão fatal 50% menor do que a de 40km/h.

Probabilidade de lesão fatal


Lapa de Baixo

A região da Lapa de Baixo concentra grande volume de pedestres, oriundos do transporte coletivo por ônibus e por trem, sendo necessárias velocidades menores para promover condições seguras e confortáveis de circulação a tais usuários, que ainda representam o maior número de vítimas no trânsito em São Paulo.

A área que agora recebe esta intervenção tem 1,4 km² e é delimitada pela linha férrea da CPTM, seguida pela Avenida Embaixador Macedo Soares (Marginal Tietê), Avenida Ermano Marchetti e Avenida Santa Marina. Nestas vias que compõem o perímetro não haverá mudança de velocidade.


Ver todas as ÁREAS 40 e 30 num mapa maior

Para a implantação da Área de Velocidade Reduzida na região da Lapa de Baixo serão utilizadas 48 placas de sinalização vertical de regulamentação, advertência e educativas, além de 40 m² de sinalização horizontal nas vias afetadas pela mudança, além de 8 banneres, alertando sobre as alterações.

A Engenharia de Campo da CET vai orientar o tráfego na área com nova sinalização e monitorar as intervenções, visando avaliar os resultados das medidas implantadas.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Implantação de Área 40 em vias da Bela Vista

Implantado nesta segunda-feira (04/04) Área 40 na região da Bela Vista. Esta será a décima segunda implantação da operação na cidade. A Área 40 é uma Área de Velocidade Reduzida onde será regulamentada a velocidade máxima de 40 km/h. A medida busca melhorar a segurança dos usuários mais vulneráveis do sistema viário, pedestres e ciclistas, buscando a convivência pacífica e a redução de acidentes e atropelamentos na área.

Independente desta implantação, a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e as ruas Treze de Maio e Rui Barbosa, que são vias arteriais internas à nova Área 40, permanecerão regulamentadas com velocidade máxima permitida de 50 Km/h.

A região da Bela Vista concentra grande volume de pedestres, sendo necessárias velocidades menores para promover condições seguras e confortáveis de circulação a tais usuários, que ainda representam o maior número de vítimas no trânsito em São Paulo. Ali também estão algumas faixas exclusivas para ônibus implantadas nos últimos meses. Os usuários dos demais modos de transportes também serão beneficiados com a redução da velocidade máxima nas vias dessa região.

A área que agora recebe esta intervenção tem cerca de 2,4 km².

Para implantação desta Área de Velocidade Reduzida na Bela Vista serão 168 placas de sinalização vertical de regulamentação, advertência e educativas, além de 201 m² de sinalização horizontal nas vias afetadas pela mudança. Antecipadamente serão instalados 32 banners e 11 faixas de vinil, alertando sobre as alterações.


Ver todas as ÁREAS 40 num mapa maior

Área 40

O Projeto da Área 40 foi lançado com o objetivo de melhorar a segurança dos usuários mais vulneráveis do sistema viário, pedestres e ciclistas, buscando a convivência pacífica e a redução de acidentes e atropelamentos na área contemplada. A iniciativa, que começou a ser implantada em outubro de 2013, já abrange todas as regiões da cidade.

Centro

Área 40 na Rótula Central - 1ª Fase - (21/10/2013) - Possui área interna de cerca de 1,6 km² e extensão aproximada de 5,0 km na junção das seguintes vias: Avenida Mercúrio, Avenida Senador Queirós, Avenida Ipiranga, Avenida São Luís, Viaduto Nove de Julho, Viaduto Jacareí, Rua Maria Paula, Viaduto Dona Paulina, Praça Doutor João Mendes, Rua Anita Garibaldi, Praça Clóvis Beviláqua, Avenida Rangel Pestana, Viaduto 25 de Março, e, fechando o círculo, Viaduto Mercúrio.

Área 40 na Rótula Central - 2ª Fase - (15/12/2014) - Possui área interna de cerca de 2,4 km², delimitada pelas seguintes vias:Avenida Rangel Pestana, Rua Anita Garibaldi, Praça João Mendes, Viaduto Dona Paulina, Avenida Ipiranga (entre as avenida Cásper Líbero e São Luís), Avenida Senador Queirós e Avenida Mercúrio.

Área 40 na Rótula Consolação - (29/06/2015) - Possui área interna de cerca de 1,2 km², delimitada pelas seguintes vias: Avenida Paulista, Rua da Consolação, Rua João Guimarães, Avenida Nove de Julho e Rua Professor Olavo Mendes.

Zona Oeste

Área 40 na Região da Lapa – 1ª Fase (01/09/2014) - Possui área interna de cerca de 0,8 km² delimitada pelas ruas Clélia, Carlos Vicari, Guaicurus, John Harrison e Doze de Outubro, respectivamente.

Área 40 na Região da Lapa – 2ª Fase - (27/03/2015) - Possui área interna de cerca de 0,3 km² delimitada pelas ruas John Harrison, Doze de Outubro, Barão de Jundiaí e Domingos Rodrigues.

Zona Norte

Área 40 em Santana (22/09/2014) - A intervenção ocorreu num espaço de 1,2 km² delimitado pelas avenidas Braz Leme, Santos Dumont, Morvan Dias de Figueiredo, Cruzeiro do Sul, General Ataliba Leonel, e ruas Jovita, Conselheiro Saraiva, Alfredo Pujol, Chemin Del Pra e Doutor César.

Zona Sul

Área 40 em Moema - 1ª Fase – (03/11/2014) - A intervenção tem cerca de 1,7 km², delimitada pelas avenidas dos Bandeirantes, Ibirapuera, Indianópolis e Moreira Guimarães.

Área 40 em Moema - 2ª Fase – (17/11/2014) - A área tem cerca de 1,7 km², sendo geometricamente inversa a da 1ª fase, delimitada agora pelas avenidas dos Bandeirantes, Ibirapuera, Santo Amaro, Hélio Pellegrino e República do Líbano.

Zona Leste

Área 40 na Penha (01/12/2014) – Com cerca de 0,8 km², a área está delimitada pela Avenida Governador Carvalho Pinto, Avenida Cangaíba, Rua Padre João, Rua Doutor João Ribeiro, Rua Coronel Rodovalho, Avenida Engenheiro Alberto Pretini, Rua Vereador Cid Galvão da Silva e vias lindeiras a linha da CPTM.

Área 40 na Brás (23/02/2015) – A intervenção tem cerca de 2,7 km² delimitados pela Avenida do Estado, Rua João Teodoro, Rua Rodrigues dos Santos, Rua Rio Bonito, Rua Behring, Rua Júlio César da Silva, Rua Firmiano Pinto, Rua Coronel Albino Bairão e vias lindeiras a linha da CPTM.

Área 40 São Miguel (16/09/2015)- Com cerca de 0,5 km², delimitado pela Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, Rua Salvador de Medeiros, Rua Rachid Atihé, Rua José Otoni, Avenida Marechal Tito, Rua Pedro de Soares Andrade, Rua Doutor José Guilherme Eiras e Avenida Nordestina.

Com este complemento de 2,4 km² na Bela Vista, a cidade agora conta com 17,3 km² de Área de Velocidade Reduzida.

Entrega de ciclovia na Avenida Olavo Fontoura, Zona Norte

Entregue dia 04/04, ciclovia na Avenida Olavo Fontoura, Zona Norte, com 2,3 km de extensão.
O trecho implantado é bidirecional entre a Praça Campo de Bagatelle e a Rua Alfonso Renaldo Gallucci.

Percurso

- Da Praça Campo de Bagatelli até a Portal 1 do Sambódromo do Anhembi, o trecho fica na via à esquerda.

- Do Portal 1 até a Rua Brazelisa Alves de Carvalho, o trecho fica no canteiro central.
Entre a Rua Brazelisa Alves de Carvalho e a Rua Alfonso Renaldo Gallucci, o trecho fica na via à direita.

A ciclovia também possui cruzamento rodocicloviário na Praça Campo de Bagatelle. A mesma fará conexão com os trechos existentes na Avenida Santos Dumont e Rua Alfonso Renaldo Gallucci.
Com esta ativação, a malha cicloviária na cidade alcança 401,8 km. Do total de ciclovias existentes na cidade, desde 2013 foram inauguradas 305,2 km. Antes, São Paulo só possuía 64,7 km, além de 31,9 km de ciclorrotas.

Ciclovia Avenida Olavo Fontoura


Alterações no Sistema Viário

Não haverá alterações nos demais modais de transporte ou no sistema viário local.

Recomendações ao Público
  • Respeite a sinalização;
  • Por se tratar de uma ciclovia a ser utilizada pelo público em geral (adultos, crianças e idosos), não se destina à prática de atividades desportivas de ciclismo, devendo ser percorrida em velocidade compatível;
  • Se necessitar pedir informações, proceda de forma a não atrapalhar a fluidez do trânsito;
  • É proibida a utilização da ciclovia por pedestres.