sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Novo trecho de ciclovia em Santo Amaro, com 1,0 km, entra em funcionamento nesta sexta-feira (23)

A partir desta sexta-feira, 23/01, a cidade passa a contar com 214,4 km de vias destinadas aos ciclistas. A CET entrega um novo trecho de ciclovia com 1,0 km de extensão, na região de Santo Amaro, Zona Sul da cidade. A ciclovia está localizada na Rua Visconde de Taunay, entre a Rua Antônio Bandeira e a Avenida João Carlos da Silva Borges; continuando pela própria Avenida João Carlos da Silva Borges, da Rua Visconde de Taunay até a Avenida Professor Alceu Maynard Araújo.

Do total de ciclovias existentes na cidade, foram inaugurados 151,4 km desde junho do ano passado. A meta da Prefeitura é viabilizar uma malha de 400 km até o fim deste ano.

O percurso será nos dois sentidos da via em toda a extensão e está sinalizado sobre o leito carroçável com proibição de estacionamento, pintura de solo específica e complementar.

Recomendações ao Público

  • Respeite a sinalização;
  • Por se tratar de uma ciclovia a ser utilizada pelo público em geral (adultos, crianças e idosos), não se destina à prática de atividades desportivas de ciclismo, devendo ser percorrida em velocidade compatível;
  • Se necessitar pedir informações, proceda de forma a não atrapalhar a fluidez do trânsito;
  • É proibida a utilização da ciclovia por pedestres.


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Funcionário da CET lança livro


Na esteira das comemorações pelos 461 anos da cidade de São Paulo, o funcionário da CET, Edison de Oliveira Vianna Junior, que trabalha na área de investigação de acidentes de trânsito da GST, lança no dia 23/01 o livro “São Paulo – 200 Anos Atrás” (Ed. Esquadro & Compasso, 64 pág.)

O lançamento da obra, escrita em autoria com o amigo e editor Manoel de Barros Cavalcante Filho, acontece no térreo do Shopping Light, onde é possível visitar até 8/02 uma exposição de gravuras (reproduções) do pintor austríaco Tomas Ender (1793-1875), cuja iconografia inspirou a elaboração e tema do referido livro.

Nascido e falecido em Viena, capital da Áustria, Ender foi um pintor viajante que veio ao Brasil entre 1817 e 1818 numa expedição científica. Sua missão: retratar, nas aquarelas, as mais diversas paisagens e cenas cotidianas peculiares daqui, para serem apresentadas à Coroa portuguesa comandada, então, pelo regente Dom João VI.

O livro traz, assim, uma coletânea de 31 imagens desse artista europeu que dão uma ideia da vida paulistana no início do século XIX (seus hábitos comportamentais, vestuário, meios de transporte e monumentos característicos da época).

“É uma reflexão e uma viagem ao passado, através das pinturas de Ender, de como era São Paulo há 200 anos. A arquitetura, o povo, a economia e a logística típicas daquele tempo. Procuramos, ainda, responder questões curiosas como o porquê de a cidade ter sido fundada no lugar onde está, tendo surgido numa vila planaltina”, explica Vianna.

Arquiteto e urbanista de formação, professor universitário e escritor nas horas livres, Edison é paulistano e está na CET desde 1994, quando ingressou por meio de concurso na área de projetos da Companhia. Depois, passou um período na antiga GET 3, foi cedido para atuar profissionalmente em Brasília, voltou a São Paulo em 2013 e, no ano passado, retomou suas atividades laborais na CET, as quais concilia com seu ofício de escritor.

Livro "São Paulo - 200 Anos Atrás"

Cruzamento entre as avenidas São João e Ipiranga recebe Faixa de Pedestres Diagonal (em "X")

Em continuidade às ações voltadas ao aumento da segurança do sistema viário, a Secretaria Municipal de Transportes, através da Companhia de Engenharia de Tráfego - CET, ativa, a partir de segunda-feira (26/01), travessia de pedestres nas diagonais do cruzamento das avenidas São João e Ipiranga. A sinalização horizontal desta nova faixa já começou a ser implantada. A ativação ocorrerá na semana que vem após a implantação do projeto na sua totalidade.

Esta faixa de pedestres em "X" visa facilitar a vida dos pedestres que, ao invés de efetuarem a travessia em duas etapas distintas (uma via por vez) para atingir a esquina oposta, poderão fazê-lo em uma única vez.

Faixa de Pedestres Diagonal - Avenidas São João e Ipiranga


A pesquisa de contagem de travessia de pedestres realizada no cruzamento apresenta uma estimativa do volume de pedestres no horário de maior movimento nos três períodos (manhã, entre picos e tarde). Foram 2.400, 2.900 e 4.700 pessoas/hora, respectivamente.
Com base nisto, o cruzamento será contemplado com a implantação das novas faixas de pedestres, novas placas educativas criadas para informar a permissão da travessia na diagonal, sinalização semafórica de pedestres para atender a nova situação e propiciar tempo de travessia segura (5 segundos de verde acrescidos de 32 segundos de vermelho piscante). Abaixo a ilustração da nova sinalização:

Sinalização Cruzamento avenidas São João e Ipiranga

O tempo médio de travessia que, em duas etapas, é de 159 segundos; na diagonal, cai para 88 segundos. Um ganho de 71 segundos para os usuários que têm o desejo alcançar as calçadas das diagonais.
Este projeto é inspirado nos modelos de Tóquio. Em 08 de dezembro, foi implantada a primeira travessia em "x" do país no cruzamento das ruas Riachuelo e Cristovão Colombo, a partir da qual foram estabelecidos parâmetros e feitas as devidas avaliações para que possam ser expandidas para outros locais da cidade.

Equipes da CET farão o acompanhamento das intervenções para garantir a segurança e a orientação aos transeuntes e motoristas.



segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Operação Dá Licença para o Ônibus - Rua Coronel Xavier de Toledo terá faixa exclusiva a partir desta segunda-feira (19/01)


A partir de hoje (19/01), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implantam 200 metros de faixa exclusiva à direita para ônibus na Rua Coronel Xavier de Toledo, região central da cidade. A nova faixa funcionará de segunda a sexta-feira das 6h00 às 20h00 e aos sábados das 6h00 às 14h00, entre a Rua Sete de Abril e o Viaduto do Chá, no sentido da Avenida São João.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

População Beneficiada

Pela Rua Coronel Xavier de Toledo, no trecho desta implantação, circulam 36 linhas de ônibus, com frequência média de 203 ônibus/hora no horário de pico, transportando 332 mil passageiros em média por dia útil.

Alterações no Sistema Viário

Não está prevista nenhuma alteração na circulação do tráfego em função da implantação da faixa exclusiva.

Fiscalização

A ativação da nova faixa exclusiva terá um período de adaptação, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem o espaço nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir de 26/01 a fiscalização será intensificada na via.

Independente disso, a orientação é para que todos os motoristas respeitem a faixa exclusiva desde o início da implantação da mesma.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Faixa Exclusiva de Ônibus - Rua Coronel Xavier de Toledo