segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Operação "Dá Licença para o Ônibus"

Novas faixas exclusivas estão nas zonas central e oeste

Av. do Rio Pequeno

Nesta segunda-feira, 25/08, a CET e a SPTrans implantaram 1,8 km de faixa exclusiva à direita para ônibus na Avenida do Rio Pequeno, na Zona Oeste da cidade. A nova faixa funciona em ambos os sentidos, de segunda à sexta-feira, das 6 às 9 horas no sentido Centro e das 17 às 20 horas em direção ao Bairro, no trecho entre a Rua Maria Tereza Nascimento de Azevedo e a Av. Corifeu de Azevedo Marques.
A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.
Coletivos terão prioridade ao longo de 1,8 km da via, em ambos os sentidos, de segunda a sexta-feira das 6 às 9 horas e das 17 às 20 horas.

Av. Liberdade e R. Barão de Iguape

Nesta segunda-feira, 25/08, a CET e a SPTrans implantaram 700 metros de faixa exclusiva à direita para ônibus na Rua Barão de Iguape e na Av. Liberdade, nos seguintes trechos do sentido Centro:
• Na Rua Barão de Iguape, a nova faixa se situa no trecho entre a Rua Galvão Bueno e a Av. Liberdade;
• Na Av. Liberdade, os coletivos terão prioridade à direita entre a Rua Barão de Iguape e a Rua da Glória.
Na Rua Barão de Iguape, a nova faixa exclusiva para o transporte público funcionará de segunda a sexta-feira das 6 às 9 horas.
Já na Av. Liberdade, os ônibus terão a exclusividade de segunda à sexta feira das 6 às 9 horas e das 17 às 20 horas.
Com estes 700 metros, a partir de 25/08 a malha viabilizada desde 2013 chega a 355,4 km de faixas exclusivas para ônibus na capital paulista.

Centro Histórico ganha novo trecho de 3,2 km de ciclovia

Marca CicloviaSP
Foi inaugurado no sábado (23) um novo trecho, com 3,2 km de extensão, da ciclovia do Centro Histórico ligando a Praça da Sé, Largos São Francisco e São Bento, Praças do Patriarca e Ramos de Azevedo, Largo do Paiçandu e Vale do Anhangabaú.

Esta é a 5ª Etapa da rede cicloviária do Centro Histórico que passa por importantes marcos turísticos da cidade como a Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Mosteiro de São Bento, Teatro Municipal e Biblioteca Mário de Andrade.

O traçado será bidirecional passando por ruas como Boa Vista, Líbero Badaró, Viaduto do Chá, Cel. Xavier de Toledo, Conselheiro Crispiniano, Sete de Abril, Dr. Bráulio Gomes, Quirino de Andrade, entre outras.

Entre outros benefícios o trecho proporciona a integração cicloviária entre as regiões da Liberdade, Aclimação, Vila Mariana, Sé, República e Santa Cecília conectados com a ciclovia do eixo Liberdade/Vergueiro/Noé de Azevedo, através da Praça João Mendes/Catedral da Sé.
Partindo da Catedral da Sé, o ciclista terá a opção de seguir em direção ao Largo São Bento (via R. Boa Vista) ou ao Largo São Francisco (via R. Benjamim Constant).

Da Rua Líbero Badaró/Viaduto do Chá quem pedala pela nova ciclovia poderá escolher entre ir até o Largo do Paiçandu, atravessando o Viaduto do Chá e seguindo pela Rua Conselheiro Crispiniano; ou chegar até a Biblioteca Municipal Mário de Andrade, percorrendo a pista exclusiva nas ruas Cel. Xavier de Toledo, Sete de Abril e Dr. Bráulio Gomes.

Antes dos novos trajetos, que vêm sendo inaugurado desde junho, São Paulo possuía 63 km de ciclovias. A meta é implementar 400 km de rede cicloviária até o fim de 2016.

Alterações no sistema viário

Devido à acomodação deste novo trecho de 3,2 km de ciclovia pelo Centro Histórico, foram alterados os sentidos de circulação de algumas vias para melhorar as condições de mobilidade e segurança viária:
Inversão do sentido de direção da Rua Sete de Abril, passando a circulação da Rua Dr. Bráulio Gomes à Avenida Ipiranga;

Inversão do sentido de direção da Rua Gabus Mendes, passando a circulação da Rua Basílio da Gama à Rua Sete de Abril;A Rua Basílio da Gama terá sentido único de circulação da Avenida Ipiranga à Rua Gabus Mendes;

Os veículos oriundos da Avenida Ipiranga com destino à Rua Sete de Abril deverão seguir pela Avenida São Luiz, Rua da Consolação, Rua Dr. Bráulio Gomes e Rua Sete de Abril

Nova ciclovia na Rua Vergueiro e Avenida Liberdade

Desde sábado (23) já está funcionando o novo percurso, que liga o Terminal Vila Mariana do Metrô ao Centro Histórico. O trecho tem extensão de 4,4 km de ciclovia. Agora, a cidade conta com 30,6 km de rede cicloviária implantados. A meta é atingir 400 km até o final de 2016.

O traçado da nova ciclovia vai da Av. Prof. Noé de Azevedo, na Vila Mariana, até a Praça João Mendes, no Centro, proporcionando acesso a outras regiões da cidade como Santa Cecília e Barra Funda bem como à Sala São Paulo, Terminal Amaral Gurgel e Praça da República.

Na maior parte do percurso, a ciclovia é unidirecional, ao lado do canteiro central, em ambos os sentidos do corredor Noé de Azevedo/Vergueiro/Liberdade e o trajeto atende aos bairros de Vila Mariana, Paraíso, Aclimação e Liberdade.

Por se tratar de uma ciclovia a ser utilizada pelo público em geral (adultos, crianças e idosos), não se destina à prática de atividades desportivas de ciclismo, devendo ser percorrida em velocidade compatível e também é proibida a utilização da ciclovia por pedestres e motociclistas.