sexta-feira, 18 de julho de 2014

Mais ciclovias estão funcionando no Centro

Novo trecho foi entregue na manhã de 18 de julho.
O percurso dá continuidade aos anteriores e proporciona integração com o Terminal Princesa Isabel e a Sala São Paulo (Estação CPTM Júlio Prestes). A cidade já tem 10,5 km implantados neste ano.



Logotipo Ciclovia SP
O Centro Histórico da capital paulista ganhou na manhã desta sexta-feira, dia 18, o terceiro trecho de rede cicloviária criado nesta gestão municipal: são mais 2,6 km de ciclovia bidirecional que estão funcionando nas alamedas Nothman e Cleveland bem como na Rua Guaianases.
Com esse traçado, até o momento, foram implantados 9,8 km de ciclovias na cidade pelo atual governo. A pista proporciona conexão com a Sala São Paulo e o Terminal de Ônibus Princesa Isabel.
De acordo com o Secretário Municipal de Transportes, todos os novos trechos de ciclovias, dentro da meta de 400 km previstos até o fim de 2015, deverão ser interligados. "A ideia é ir conectando as ciclovias com os terminais de ônibus, metrô, trem, entre as praças, escolas e hospitais. Dessa maneira, será possível fazer ciclovias radiais do Centro até os bairros e também perimetrais. Depois, os trajetos terão ligações nos bairros", explicou. Para demarcar esse novo trecho, foram usados cerca de 7 mil m² de sinalização horizontal, e  210 placas de sinalização vertical de regulamentação e advertência. Em todos os cruzamentos do novo percurso, há travessias rodocicloviárias.

Mapa da Ciclovia na Região Central

Foto do trecho da ciclovia inaugurado.

E também na Zona Norte

Com 700 metros de extensão, a pista, na Avenida Cruzeiro do Sul, interligará as estações do metrô Santana e Tucuruvi.
Os ciclistas da cidade, especialmente da zona Norte, ganharam a ciclovia da Av. Cruzeiro do Sul. São 700 metros de extensão construídos pela Subprefeitura de Santana/Tucuruvi no canteiro central da via. A obra, feita em parceria com a CET, está localizada no trecho entre a Rua Coronel Antônio de Carvalho e a Avenida General Ataliba Leonel.
Para o ciclista Alex Gomes, que pedala cerca de oito quilômetros por dia para chegar ao trabalho, a iniciativa da Prefeitura vai de encontro com as necessidades de uma cidade como São Paulo. "Acho fundamental o aumento de espaços destinados para nós ciclistas e a inserção das bicicletas como elemento de transporte".
Nesta gestão, a cidade ganhou, até agora, 10,5 km de vias destinadas aos ciclistas (já contando com esses 700 metros). Em 2014 deverão ser entregues cerca de 200 quilômetros de percursos cicloviários na capital Paulista. A meta da Prefeitura é viabilizar uma rede de 400 quilômetros até o fim de 2015.

Publicado o Relatório de Acidentes 2013

Os dados relativos aos acidentes de trânsito e suas vítimas foram coletados em pesquisas ao INFOCRIM (Sistema de Informação Criminal), que é um banco de dados informatizado de todos os Boletins de Ocorrência - B.O.'s - elaborados pela Polícia Civil e disponibilizado à Companhia de Engenharia de Tráfego - CET. Complementando as informações do INFOCRIM, foram identificadas as vítimas que perderam a vida em acidentes de trânsito utilizando-se os registros do Instituto Médico Legal - IML. Nesta instituição foram levantadas as informações associadas a essas vítimas, tanto as que compõem o seu perfil como as que permitem a localização dos B.O.'s onde foram registrados os sinistros.
O relatório está dividido em oito capítulos, todos eles precedidos de uma sinopse.
No primeiro mostra-se a tipificação dos acidentes de trânsito e de suas vítimas. No segundo, tabelas e mapas detalham a localização dos acidentes. O mês, dia da semana e horário em que ocorreram os acidentes são tratados no terceiro capítulo. Dados dos veículos e condutores envolvidos em acidentes de trânsito são apresentados, respectivamente, nos capítulos IV e V; as informações a respeito das vítimas no capítulo VI. O capítulo VII mostra os dados de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas e o derradeiro trata da evolução histórica dos dados estatísticos referentes aos acidentes de trânsito.
Este e outros relatórios publicados pela CET podem ser acessados neste link

CET no Instagram



A partir de agora a CET de São Paulo está também no Instagram.
Você verá aqui dicas de segurança e de educação de trânsito, novidades e imagens do dia-a-dia na cidade.
Siga a CET no Instagram: instagram.com/CETSaoPaulo

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Treinamento dos nossos Operadores - recebendo turistas

Iniciado em 30 de outubro de 2013 e encerrado em 03 de junho de 2014, o treinamento para recepção de turistas durante a Copa, organizado e ministrado pela São Paulo Convention & Visitors Bureau, teve a participação de 749 empregados da área operacional da CET. Mediante convenio entre a CET e aquela entidade, nossos operadores receberam informações sobre os seguintes temas: Impacto econômico do Turismo, o setor de eventos, a importância da hospitalidade, costumes e culturas de outros países e a importância do papel dos agentes como embaixadores da cidade.

Todas as capacitações aconteceram com os professores da Universidade Anhembi Morumbi. 93% dos participantes avaliaram o conteúdo como BOM. Na apresentação como um todo, 96% dos treinandos avaliaram positivamente.

Operação Dá Licença para o Ônibus

Rua Benjamin Pereira terá faixa exclusiva a partir de 14/07

A partir desta segunda-feira (14/07), a CET e a SPTrans, implantam 1,1 km de faixa exclusiva à direita para ônibus na Rua Benjamin Pereira, na Zona Norte da cidade. A nova faixa exclusiva vai funcionar no sentido Centro de segunda à sexta-feira, das 6 às 9 horas, e no sentido Bairro, das 17 às 20 horas, no trecho entre a Av. Guapira e a Rua Calandra.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

Saiba mais sobre a Operação Dá Licença para o Ônibus aqui



Ciclovia do Centro da cidade ganha mais 2 km de extensão

Novo trecho liga a Sala São Paulo à Praça da República e ao Terminal Amaral Gurgel. Agora, a Capital tem mais 7,2 km de ciclovias inauguradas nesta gestão.

Instalada CET, com apoio da Subprefeitura da Sé, o trecho possui dois quilômetros de extensão e liga a Sala São Paulo (Rua Mauá ) a Praça da República e ao Terminal de Ônibus Amaral Gurgel (Rua Doutor Frederico Steidel).
Neste ano, a cidade de São Paulo já ganhou 7,2 Km de ciclovias. A meta da Prefeitura é implementar uma rede de 400 Km até o fim de 2015. Esses novos trechos serão acrescentados aos 63 km de ciclovias anteriormente existentes.

SMT apresenta balanço da Operação Copa na cidade

A Secretaria Municipal de Transportes, por intermédio da CET e da SPTrans, concluiu o balanço da Operação Copa ocorrida na cidade nas últimas semanas. O trabalho teve início há mais de um ano, quando foi definido o plano de mobilidade de trânsito e transporte para a Capital. A atuação em campo começou na semana de 12 de junho, com a chegada de torcedores, turistas e delegações da FIFA, com enfoque para a movimentação de jogadores.
Do ponto de vista da mobilidade, destacam-se duas operações positivas: a extensão do horário de funcionamento de faixas exclusivas à direita para os ônibus e a extensão do rodízio em dias de jogos da Copa.
O dia mais emblemático foi o da partida de Brasil x México, em 17 de junho. Após esta data, a CET aplicou as medidas operacionais da ampliação do horário das faixas e represamento da circulação de veículos, por meio do rodízio estendido. Com isso, a lentidão se estabilizou e os deslocamentos ficaram mais rápidos.

Operação da CET na Copa do Mundo